Rebaixado! Empate em Piracicaba, com o XV, crava outra passagem meteórica do Comercial na elite

24/03/2014 09:11
A passagem do Comercial pelo Paulistão foi meteórica, mais uma vez. Na tarde deste domingo (23), o Leão acumulou o seu segundo rebaixamento em duas participações na elite (2012 e 2014) ao ficar no empate de 1 a 1 com o XV de Piracicaba, no estádio Barão de Serra Negra. Além de não ter vencido, os outros resultados que poderiam ajudá-lo não foram benéficos: Linense e Mogi Mirim ganharam os seus jogos. Assim, o Comercial seria rebaixado mesmo se conquistasse a vitória em Piracicaba.
 
A classificação final do Paulistão apontou o Comercial em 17º lugar com 12 pontos. A diferença para o 16º colocado, Linense, que se livrou da degola, foi de quatro pontos. Oeste, Atlético Sorocaba e Paulista também disputarão a Série A2 em 2015. O XV, por sua vez, ficou em 14º com 19 pontos, escapou da degola e também encerrou a sua participação no Estadual.
 
Após a partida, o presidente e gestor do Comercial, Nelson Lacerda, voltou a dar entrevistas depois de longo período ausente dos microfones, mas não confirmou se o time irá disputar a Copa Paulista ou se ficará sem atividades. Lacerda só revelou que "fechará o Comercial para balanço", sem explicar se o período será válido até o fim do ano. Em virtude de o gestor não ter pago parte dos salários de jogadores durante o campeonato, segundo ele, propositalmente, a maioria da torcida pede a saída do atual presidente.
 
Em Piracicaba, o Comercial sofreu o primeiro gol logo aos quatro minutos de jogo. O volante Levi Silva cometeu falta na entrada da área e o árbitro marcou pênalti, que foi cobrado por Adriano Ferreira: 1 a 0. No segundo tempo, depois de muito tentar, o Comercial empatou. Aos 27, Marcelo Toscano dividiu com o goleiro Mateus e igualou o marcador - Toscano fechou o Paulistão como o artilheiro comercialino, com três gols. A última bola do jogo foi do Leão. Toscano cobrou falta, mas não conseguiu o gol da virada.
 
Ficha Técnica
XV DE PIRACICABA 1 X 1 COMERCIAL
Estádio: Barão de Serra Negra, em Piracicaba
Público: 1.624 pagantes / Renda: R$ 39.635,00
Árbitro: Raphael Claus
Auxiliares: Rogério Pablos Zanardo e Gustavo Rodrigues de Oliveira
Adicionais: Robério Pereira Pires e Luciano Monteiro dos Santos
Cartões Amarelos: Adilson Goiano (XV); Levi Silva (COM)
Gols: Adriano Ferreira (P) 4'1º (1x0) e Marcelo Toscano 27'2º (1x1)
 
XV DE PIRACICABA
Mateus; Paulo Henrique, Pitty, Rodrigo e Aélson; Adilson Goiano, Alan Bahia, Adriano Ferreira (Juliano) e Gilsinho (Danilinho); Júnior Barros (Bruno) e Cafu
Técnico: Édison Só
 
COMERCIAL
Marcelo; Marcos Pimentel (Édson), Luiz Eduardo, Reniê e Ralph; Xaves, Levi Silva e Patrick; Marcelo Toscano, Rodrigo Jesus (Leandrinho) e João Henrique (Clebinho)
Técnico: Vagner Benazzi
 
Rafael Gonçalves


*Exercite a ética jornalística. Cite a fonte.
Voltar

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!