Entregou os pontos! Edimar é o vilão da noite em derrota do Leão para o Rio Claro no último minuto

01/02/2014 22:01
O resultado que já era ruim se tornou péssimo na noite deste sábado (01), no estádio Palma Travassos, por um desagradável lance do zagueiro Edimar. O beque comercialino cometeu pênalti no último minuto do jogo que decretou a derrota do Comercial para o Rio Claro por 2 a 1, de virada, pela quinta rodada do Paulistão.
 
A terceira derrota em cinco partidas (aproveitamento de apenas 27%) definitavamente tirou o Leão do Norte da zona de classificação do Grupo A. Com quatro pontos, o time treinado por Toninho Cecílio passou a ter três a menos do que o Linense, novo vice-líder. Na classificação geral, o Leão é o 15º colocado e poderá entrar na zona dos quatro piores ao final da rodada.
 
O Comercial buscará a reabilitação iniciando os jogos contra as equipes do Grupo C, diante da Ponte Preta, nesta quarta-feira (05). O jogo será novamente no estádio Palma Travassos, às 19h30. Contra as equipes do Grupo C, o Bafo apenas venceu o Bragantino (3x1) e empatou com o Oeste (1x1).
 
Diante do Rio Claro, que vinha de goleada sofrida para o São Paulo por 6 a 3, o Comercial levou alguns sustos no início da partida, mas logo tomou conta do primeiro tempo. O primeiro gol só saiu aos 43 minutos, quando o atacante Marcelo Toscano cobrou falta levantando a bola na área e encontrando a cabeça do volante Marcus Winícius, que mandou para as redes. A auxiliar Maria Nubia Ferreira Leite chegou a marcar impedimento, mas o árbitro Alessandro Darcie confirmou o gol.
 
No segundo tempo, o Comercial ainda manteve a superioridade. Mas só até o meia Léo Costa ajeitar e mandar um chute rasteiro de fora da área, aos 14 minutos. A bola quicou e entrou no canto esquerdo de Júlio Sérgio, em gol parecido com os que já havia sofridos diante do Mogi Mirim. Mas a pior falha ainda estava por vir e desanimou o torcedor que foi à Joia. No último minuto do jogo, o zagueiro Edimar levou um drible por entre as pernas e foi no corpo do adversário. Léo Costa cobrou o pênalti, virou o jogo, e transformou Edimar no vilão comercialino do jogo. O árbitro encerrou a partida logo em seguida.
 
Ficha Técnica
COMERCIAL 1 X 2 RIO CLARO
Estádio: Palma Travassos, em Ribeirão Preto
Público: 1.869 pagantes / Renda: R$ 42.110,00
Árbitro: Alessandro Darcie
Auxiliares: Fabricio Porfírio de Moura e Maria Nubia Ferreira Leite
Adicionais: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral e Leandro Carvalho da Silva
Cartões Amarelos: Xaves e Edimar (COM); Rodrigo Celeste, Samuel e Róbson (RC)
Gols: Marcus Winícius 43'1º (1x0), Léo Costa 14'2º (1x1) e Léo Costa (P) 48'2º (1x2)
 
COMERCIAL
Júlio Sérgio; Grafite, Reniê, Edimar e Willian Simões; Xaves (Leandro Oliveira), Marcus Winícius, Marcone (Adriano Paulista) e Patrick (Cacá); Rodrigo Jesus e Marcelo Toscano
Técnico: Toninho Cecílio
 
RIO CLARO
Cléber; Carlinhos, Renan, Marcos Vinícius e Anderson Luis; Rodrigo Celeste, Samuel, Nando Carandina e Léo Costa; Alex Afonso (Thiago Cristian) e Róbson (Wendell)
Técnico: Fahel Júnior
 
Rafael Gonçalves


*Exercite a ética jornalística. Cite a fonte.
Voltar

Escreva seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!