Fim da linha! Derrota em Blumenau elimina o Botafogo, que entra em férias forçadas até o Paulistão

25/08/2013 18:35
A chance de retornar à Série C do Brasileiro na temporada 2014 foi por água abaixo. Na tarde deste domingo (25), o Botafogo se despediu da Série D ao perder do Metropolitano por 1 a 0, em Blumenau. O Pantera conquistaria a classificação às oitavas de final se vencesse o Metrô, uma vez que, no outro jogo, o empate de 0 a 0 entre J. Malucelli-PR e Lajeadense-RS favoreceu a equipe.
 
Com a derrota, o Botafogo ficou em quarto e penúltimo lugar do Grupo A8 ao término da primeira fase, entrará em férias e só voltará a jogar em janeiro de 2014, pelo Paulistão. Metropolitano e Londrina conquistaram a vaga e enfrentarão Santo André e Juventude, respectivamente.
 
No primeiro tempo, Metropolitano e Botafogo fizeram um jogo equilibrado com uma grande chance para cada lado. Aos 23 minutos, o centroavante Caio Gardim aproveitou sobra e chutou de primeira para boa defesa de Dida. Já aos 37, Alessandro cobrou falta e o zagueiro Pipo desviou acertando a bola na trave botafoguense.
 
O gol do Metropolitano, o único do jogo, saiu no segundo tempo. Em jogada rápida de Alessandro pelo setor direito, aos 12 minutos, o atacante Jones recebeu dentro da grande área e finalizou no canto direito de Fábio. Ivan Baitello fez as três mudanças com a intenção de colocar o Botafogo ao ataque, mas, apático, o time pouco criou. Assim, o treinador se despediu do comando do clube.
 
 
Ficha Técnica
METROPOLITANO-SC 1 X 0 BOTAFOGO
Estádio: Monumental do Sesi, em Blumenau-SC
Público: 1.628 pagantes / Renda: 20.310,00
Árbitro: Marcos Mateus Pereira (MS)
Auxiliares: Luiz Antonio Muniz de Oliveira (RJ) e Jackson Massarra dos Santos (RJ)
Cartões Amarelos: Leandro Mello (MET)
Gols: Jones 12'2º (1x0)
 
METROPOLITANO-SC
Dida; Alessandro, Pipo, Élton e Allan; Leandro Mello, Paulinho, Éverton Cezar e Diego Torres; Jones (Lê) e Maurinho
Técnico: Abel Ribeiro
 
BOTAFOGO
Fábio; Alex Silva, Igor, Henrique Mattos e Fernando (Neizinho); César Gaúcho, Alan Mota (Fábio Gama), Emerson Alemão e Juninho (Naoh); Leandro e Caio Gardim
Técnico: Ivan Baitello
 
Rafael Gonçalves


*Exercite a ética jornalística. Cite a fonte.
Voltar

Escreva seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!