Caiu na Vila! Comercial sofre derrota previsível para o Santos na estreia do técnico Vágner Benazzi

12/02/2014 02:18
Vágner Benazzi não queria estrear com derrota. Mas do lado oposto estavam os jogadores que, juntos, formariam o melhor time do Paulistão ao apito final do árbitro. Na Vila Belmiro, na noite desta terça-feira (11), o novo treinador do Comercial iniciou a sua trajetória para livrar a equipe do rebaixamento com uma previsível derrota de 2 a 0 para o Santos. A partida foi válida pela sétima rodada do Estadual.
 
Além de Benazzi, o jogo marcou a estreia do atacante Édson, ex-Botafogo e Fortaleza, contratado para substituir Macena no Comercial - Édson entrou no intervalo. Pelo Santos, Leandro Damião fez a sua primeira partida na Vila e o jovem Gabriel foi homenageado por ter marcado, contra o Botafogo, o gol de número 12 mil da história do clube.
 
Os 2 a 0 do Santos mantiveram o Comercial na vice-lanterna do Grupo A com os mesmos quatro pontos de três rodadas atrás. Na classificação geral, ocupa o 18º lugar e hoje seria um dos rebaixados para a Série A2 ao lado de Oeste, Paulista e Atlético Sorocaba. O Santos, por sua vez, lidera o Grupo C com folga (19 pontos contra 13 do São Bernardo) e ultrapassou o Palmeiras na primeira posição da classificação geral por ter 13 gols positivos de saldo contra 10.
 
A chance de o Leão do Norte se recuperar, agora com Benazzi, será em sua casa. No Palma Travassos, o Bafo fará dois jogos seguidos, contra o São Bernardo, neste sábado (15), e Paulista, na quinta-feira (20).
 
Na Vila Belmiro, o Santos ditou o rimo da partida e, com uma atuação em clima de treino, fez o suficiente para ganhar de 2 a 0. No primeiro tempo, aos 12 minutos, o atacante Geuvânio recebeu grande passe do lateral Cicinho, "entortou" o zagueiro comercialino Reniê com um bonito corte e tocou rasteiro por baixo do goleiro Marcelo. O segundo gol saiu aos 40, quando o lateral-direito Marcos Pimentel perdeu a bola bisonhamente para o canhoto santista Mena na tentativa de fazer uma jogada ensaia. O uruguaio lançou Leandro Damião, que rolou para Geuvânio apenas empurrar na diagonal e fazer o seu segundo gol na partida.
 
O Comercial esboçou uma reação na volta do intervalo com duas cobranças de falta do volante Marcone que assustaram o goleiro Aranha. Mas o time logo parou depois que o lateral-esquerdo Willian Simões recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, aos 23. Ele tentou dominar a bola, abriu os braços e tocou com a mão. A partir daí, o jogo ficou sem emoções até que Marcio Henrique de Gois encerrasse o seu trabalho apitando o fim do confronto alvinegro.
 
Ficha Técnica
SANTOS 2 X 0 COMERCIAL
Estádio: Vila Belmiro, em Santos
Público: 6.865 pagantes / Renda: 198.944,00
Árbitro: Marcio Henrique de Gois
Auxiliares: Daniel Paulo Ziolli e Giulliano Neri Colisse
Adicionais: Flávio Rodrigues de Souza e Márcio Roberto Soares
Cartões Amarelos: Leandro Damião e Gustavo Henrique (SAN)
Cartões Vermelhos: Willian Simões (COM)
Gols: Geuvânio 12'1º (1x0) e Geuvânio 40'1º (2x0)
 
SANTOS
Aranha; Cicinho, Neto, Gustavo Henrique e Mena; Alan Santos (Gabriel), Arouca (Leandrinho) e Cícero; Leandro Damião, Geuvânio (Rildo) e Thiago Ribeiro
Técnico: Oswaldo de Oliveira
 
COMERCIAL
Marcelo; Marcos Pimentel, Reniê, Edimar e Willian Simões; Xaves, Marcus Winícius, Marcone e Cacá (Patrick); Rodrigo Jesus (Leandro Oliveira) e Cassiano Bodini (Édson)
Técnico: Vágner Benazzi
 
Rafael Gonçalves


*Exercite a ética jornalística. Cite a fonte.
Voltar

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!