Faz tempo, hein! Comercial cede empate, mas escreve história invicta no clássico Come-Ferro

31/07/2013 09:48
O resultado não foi dos melhores, uma vez que vencia por 1 a 0 e só cedeu o empate no início do segundo tempo, mas o Comercial atingiu no Come-Ferro desta terça-feira (30), pela Copa Paulista, a maior invencibilidade do clássico regional em jogos oficiais. Com a igualdade de 1 a 1, o Leão do Norte completou oito jogos consecutivos sem perder do rival, sendo quatro vitórias e quatro empates.
 
Assim, o Comercial segue sem perder da Ferrinha desde setembro de 2010, quando levou 3 a 1, na Arena da Fonte, pela mesma Copa Paulista. Até então, a maior série sem derrotas no clássico, em partidas oficiais, era de sete partidas: Comercial, de 1971 a 1974, de 1979 a 1981, e de 1983 a 1985. O recorde da Ferroviária foi de seis jogos seguidos sem perder do Leão, de 1981 a 1984.
 
Agora com seis pontos em cinco jogos no Grupo 2 da Copa Paulista, o Alvinegro fechou a terça-feira (30) na vice-liderança, mas poderá cair para o quarto lugar no complemento da rodada. O time folga no sábado (03) e volta a jogar contra o Sertãozinho para fechar o turno, dia 10, às 19h, no estádio Frederico Dalmaso, em Sertãozinho.
 
Diante da Ferroviária, nesta terça (30), o placar foi aberto aos 12 minutos por Eduardo Luiz, um dos mais experientes da equipe. O zagueiro escorou de cabeça um cruzamento feito pelo meia-atacante Pereira em cobrança de escanteio. Já na etapa final, logo aos cinco minutos, a Ferrinha chegou ao empate depois de uma boa troca de passes até o chute certeiro do atacante Wilson Júnior, da entrada da área.
 
Antes do fim do clássico, o Comercial acertou a trave do goleiro Éverton em chute de Eduardo Luiz e dois jogadores foram expulsos. Aos 35, o meia Morato acertou uma cotovelada no zagueiro Hélio, que revidou com um ponta-pé, segundo relato do árbitro.
 
 
Ficha Técnica
COMERCIAL 1 X 1 FERROVIÁRIA
Estádio: Palma Travassos, em Ribeirão Preto-SP
Público: 670 pagantes / Renda: R$ 6.614,00
Árbitro: Paulo Sérgio dos Santos
Auxiliares: Ricardo Ferreira da Cruz e Givanildo Oliveira Félix
Cartões Amarelos: Pereira, Jean, Fernando e Eduardo Luiz (COM); Renan, Nildo e Wilson Júnior (FER)
Cartões Vermelhos: Hélio (COM); Morato (FER)
Gols: Eduardo Luiz 12'1º (1x0) e Wilson Júnior 5'2º (1x1)
 
COMERCIAL
Marcelo; Fernando, Eduardo Luiz, Hélio e Willian; Gimenez, Samuel Souza, Osman (Dan) e Jean (Igor Carioca); Pereira e Charles (Moisés)
Técnico: Gil Baiano
 
FERROVIÁRIA
Éverton; Wesley, Muller, Alemão e Bruno; Nildo, Renan, Romarinho (Walker) e Luis Guilherme (Morato); Hygor (Gustavo) e Wilson Júnior
Técnico: Jorge Saran
 
Rafael Gonçalves

 
*Exercite a ética jornalística. Cite a fonte.
Voltar

Escreva seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!