Ficou em sétimo! Com time reserva, Botafogo é goleado pelo XV e vai enfrentar o Mogi Mirim nas quartas

21/04/2013 23:58
Com oito reservas atuando entre os titulares e uma classificação antecipada em mãos, o Botafogo entrou em campo na tarde deste domingo (21) para definir a sua posição na primeira fase do Paulistão. E ela não se alterou ao final da rodada mesmo com a goleada de 4 a 1 sofrida para o XV de Piracicaba, no estádio Barão de Serra Negra, em Piracicaba.
 
Com 31 pontos obtidos nas 19 rodadas, o Tricolor foi o sétimo melhor time da primeira fase e, em virtude dos resultados da rodada, acabou escapando de enfrentar Ponte Preta ou Santos no jogo único das quartas de final. O adversário será o Mogi Mirim, vice-líder com 39 pontos, oito a mais do que o Pantera. A partida será em Mogi Mirim, em data e horário a serem confirmados pela Federação Paulista de Futebol (FPF). Na etapa de classificação, no estádio Santa Cruz, o Bota derrotou o Sapão por 2 a 0, com dois gols de Nunes.
 
Os outros confrontos das quartas de final serão entre São Paulo e Penapolense, Santos e Palmeiras e Ponte Preta e Corinthians. O vencedor de Santos x Palmeiras enfrentará quem passar do confronto entre Mogi Mirim x Botafogo na semifinal.
 
Em Piracicaba, o técnico do Botafogo Marcelo Veiga utilizou a partida para dar chances aos jogadores reservas. Alê, Henrique Mattos, Luis Henrique, João Vitor (de apenas 16 anos), André, Douglas Packer, Fábio Gama e Neizinho foram titulares. E o Pantera chegou a abrir o placar com apenas 14 minutos, quando o centroavante Nunes recebeu excelente passe de Fábio Gama na entrada da área e, sem marcação, fez o seu sétimo gol no Paulistão. Ainda no primeiro tempo, o XV chegou ao empate com o meia Diguinho. Aos 34, ele foi derrubado na área pelo volante Zé Antônio. Cobrou o pênalti e igualou a contagem.
 
Nos últimos 45 minutos, o Nhô Quim virou e goleou para fechar o campeonato em 10º lugar. Diguinho voltou a marcar aos 27, quando aproveitou um cruzamento da esquerda no segundo pau e apenas empurrou para o gol. O terceiro saiu aos 32, em uma boa jogada do Nhô Quim. O atacante Marcelo Soares chutou rasteiro de primeira e o goleiro Alê espalmou nos pés do atacante Paulinho, que marcou. Já aos 44, Adilson Goiano fez um golaço. Penetrou na área pela direita, tirou os zagueiros Henrique Mattos e Luis Henrique da jogada e mandou a bola no ângulo para fechar a conta: 4 a 1.
 
 
Ficha Técnica
XV DE PIRACICABA 4 X 1 BOTAFOGO
Estádio: Barão de Serra Negra, em Piracicaba-SP
Público: 4.679 pagantes / Renda: R$ 102.043,68
Árbitro: Marcelo Prieto Alfieri
Auxiliares: Giulliano Neri Colisse e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo
Cartões Amarelos: Janílson (XV); Zé Antônio, Nunes e André (BOT)
Gols: Nunes 14'1º (0x1), Diguinho (P) 34'1º (1x1), Diguinho 27'2º (2x1), Paulinho 32'2º (3x1) e Adilson Goiano 4'2º (4x1)
 
XV DE PIRACICABA
Thiago Passos; Vinicius Bovi (Adilson Goiano), Pedro Paulo, Cesinha e Janilson; Gláuber, Diego Silva (Adriano Ferreira), Danilo Sacramento e Diguinho (Jairo); Marcelo Soares e Paulinho
Técnico: Édison Só
 
BOTAFOGO
Alê; Igor, Henrique Mattos e Luis Henrique; João Vitor, André, Zé Antônio, Douglas Packer (Otacílio Neto) e Fábio Gama (Raí); Neizinho (Dimba) e Nunes
Técnico: Marcelo Veiga
 
Rafael Gonçalves
Voltar

Escreva seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!