Fim da invencibilidade no Santão! Bota perde duelo dos reservas para o São Paulo e vai pegar o Ituano

24/03/2014 09:46
A série de vitórias em casa do Botafogo, no Paulistão, foi encerrada na tarde deste domingo (23) num confronto entre jogadores reservas diante do São Paulo. Com os dois times já classificados para as quartas de final e apenas cumprindo tabela na rodada de encerramento da primeira fase, os técnicos Wagner Lopes e Muricy Ramalho optaram por escalar os "times B" no estádio Santa Cruz. E foi o Tricolor da Capital que levou a melhor, batendo o Tricolor do Interior por 2 a 0, com um gol em cada tempo.
 
No campeonato, o Pantera havia vencido todos os seus jogos no gramado do Santão: Ponte Preta (1x0), Paulista (4x2), Oeste (3x1), Mogi Mirim (3x1), Palmeiras (3x1), Penapolense (2x1) e Comercial (1x0). Somados com a vitória sobre o Lajeadense-RS, no ano passado, pela Série D do Brasileiro, o Bota colecionava oito vitórias seguidas em casa até perder do São Paulo. Em 1995, pela Série A2 do Paulista, o Bota também havia registrado oito triunfos consecutivos em seu estádio.
 
Líder do Grupo B com antecipação na edição 2014 da elite, com 28 pontos, o Botafogo apenas esperava o desfecho da última rodada para conhecer o seu adversário - se manteve na liderança mesmo depois de duas derrotas seguidas, o que ocorreu pela primeira vez no ano. Nas quartas de final, o Bota vai enfrentar o Ituano, que bateu o Penapolense por 1 a 0 e se confirmou em segundo lugar da chave. O jogo será no Santa Cruz, nesta quarta-feira (26), às 19h30. Quem vencer estará na Série D do Brasileiro. O Bota só ficará fora do calendário brasileiro se perder do Ituano e o Penapolense eliminar o São Paulo, em outro jogo das quartas que já estava definido, no mesmo dia, mas às 22h, no Morumbi.
 
No duelo tricolor, os reservas do São Paulo foram melhores durante todo o jogo e abriram o placar aos 42 minutos com Lucas Evangelista, de cabeça. Na etapa final, aos 16, Ademilson gingou, chutou duas vezes com facilidade e ampliou. O jogo marcou as estreias de três jogadores pelo Bota no campeonato: o goleiro Renan, o zagueiro/volante Carlos Henrique e o meia Felipe Bertoldo (da seleção de Timor Leste).
 
Ficha Técnica
BOTAFOGO 0 X 2 SÃO PAULO
Estádio: Santa Cruz, em Ribeirão Preto
Público: 6.934 pagantes / Renda: R$ 237.499,00
Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral 
Auxiliares: Bruno Salgado Rizo e Maria Eliza Correia Barbosa
Adicionais: Adriano de Assis Miranda e Silvio Renato Silveira
Cartões amarelos: Alex Silva, Diogo e Augusto Ramos (BOT); Paulo Miranda e Lucas Evangelista (SP)
Gols: Lucas Evangelista 42'1º (0x1) e Ademilson 16'2º (0x2)
 
BOTAFOGO
Renan; Alex Silva, Rafael Caldeira (Camilo), Henrique Mattos e Augusto Ramos; Carlos Henrique, Léo (Felipe Bertoldo), Diogo e Vitor (Sérgio Mota); Afonso e Borebi
Técnico: Wagner Lopes
 
SÃO PAULO
Denis; Paulo Miranda, Édson Silva e Lucas Silva; Luis Ricardo (Cañete), Wellington, João Schimidt, Lucas Evangelista e Reinaldo; Ademilson e Ewandro (Boschilia)
Técnico: Muricy Ramalho
 
Rafael Gonçalves


*Exercite a ética jornalística. Cite a fonte.
Voltar

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!