Três expulsões! Botafogo perde dos reservas do São Paulo e encerra invencibilidade no Santão

07/04/2013 21:01
As expulsões dos volantes Zé Antônio e André e a apresentação de um futebol abaixo da média tiraram do Botafogo uma invencibilidade de seis meses no estádio Santa Cruz. Diante de um time reserva do São Paulo, que entrou em campo sem os principais jogadores, o Pantera foi derrotado por 3 a 1, sofrendo os três gols em um intervalo de 11 minutos no segundo tempo.
 
Em casa, o Botafogo não perdia desde o dia 14 de outubro de 2012, quando caiu diante do Ituano por 2 a 1, pela Copa Paulista. No período de invencibilidade, foram seis vitórias e um empate. O resultado negativo diante do São Paulo fez o Tricolor ribeirão-pretano cair uma posição. Ainda com 28 pontos, ocupa o sétimo lugar restando dois jogos para o fim da primeira fase.
 
A classificação matemática poderá ser selada diante do Bragantino, ex-clube do técnico Marcelo Veiga, no próximo domingo (14), às 18h30, no estádio Santa Cruz. O São Paulo, por sua vez, pode garantir a liderança antecipada se vencer o União Barbarense nesta quarta-feira (10), em jogo atrasado da quarta rodada.
 
No duelo tricolor deste domingo (07), o Botafogo jogava de igual para igual com o São Paulo até os 21 minutos, quando o volante Zé Antônio acertou um carrinho no lateral Douglas e foi expulso pelo árbitro Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza. Com mais espaço, o São Paulo começou a se soltar, mas não chegou a gol.
 
As bolas na rede sairiam apenas no segundo tempo, depois que o Botafogo teve outro jogador expulso. O volante André acertou uma "tesoura" no atacante Ademílson, recebeu o segundo cartão amarelo e o vermelho, aos 16 minutos. Três minutos depois, porém, o volante são-paulino Rodrigo Caio passou o pé sobre Danilo Bueno e também recebeu o amarelo seguido do vermelho.
 
O primeiro gol do São Paulo saiu em uma falha do goleiro Rafael. Aos 28, o zagueiro Lúcio cobrou falta de longe, com força. A bola passou pela barreira, quicou no gramado e entrou. O segundo gol foi marcado aos 34, quando o atacante Aloísio girou o corpo, contou com um escorregão de um zagueiro do Botafogo e mandou a bola para as redes.
 
O gol mais bonito do jogo estava por vir. Ademílson roubou a bola no meio de campo, avançou em velocidade e tocou de calcanhar na tentativa de encontrar Aloísio. A bola bateu na zaga botafoguense e voltou para Ademílson acertar o canto baixo de Rafael, aos 39.
 
Antes do fim do jogo, já aos 47 minutos, o Botafogo ainda descontou. O lateral-esquerdo Giovanni chutou de goleiro para rebatida de Dênis. No rebote, o atacante Dimba dividiu com Wellington e fez o único gol botafoguense.
 
 
Ficha Técnica
BOTAFOGO 1 X 3 SÃO PAULO
Estádio: Santa Cruz, em Ribeirão Preto-SP
Público: 14.680 pagantes / Renda: R$ 541.020,00
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Auxiliares: Daniel Paulo Ziolli e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa
Cartões Amarelos: Rafael, Nunes e César Gaúcho (BOT); Lúcio e Fabrício (SP)
Cartões Vermelhos: Zé Antônio e André (BOT); Rodrigo Caio (SP)
Gols: Lúcio 28'2º (0x1), Aloísio 34'2º (0x2), Ademílson 39'2º (0x3) e Dimba 47'2º (1x3)
 
BOTAFOGO
Rafael; Igor, Cris (Dimba) e Preto Costa; Daniel, César Gaúcho, Zé Antônio, André, Danilo Bueno e Giovanni; Nunes (Francis)
Técnico: Marcelo Veiga
 
SÃO PAULO
Dênis; Douglas, Lúcio, Rodolpho e Cortez (Henrique Miranda); Wellington, Rodrigo Caio, Fabrício (Maicon) e Cañete (Aloísio); Ademílson e Wallysson
Técnico: Ney Franco
 
Rafael Gonçalves
Voltar

Escreva seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!